''Fechar-se não está com nada , as pessoas são sempre o que de melhor existe .''
(Caio F. Abreu)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Nada mais


"Nada parece igual, nada parece estar da mesma forma que antes. Bom, eu também não gostaria que fosse igual, mas que tivesse ao menos o mesmo corpo, o mesmo toque e que fosse mais atrativo, ou atraente, que seja. Nada mais toca na pele, nada mais emociona e causa os famosos arrepios. Nada mais é como era ou como eu sentia que era. O cheiro mudou, o jeito mudou e as palavras mudaram. E, hoje, a razão é outra – eu sou outra." - Ou não.
Vestido rodadinho e floridinho, cabelos curtos e loiros, com os mesmos olhos, porém não mais com os mesmos olhares. Com um corpo mais brasileiro, com a alma muito mais revigorada e com os sentimentos muito mais à flor da pele. Nada mais é como era antes, mas hoje é tudo mais colorido. É a vida que sorri de canto, é o destino que venta e assopra os meus cabelos, é os olhos da verdade que vejo no coração alheio, é a maturidade que chega batendo, entrando, sentando e tomando um café comigo. São os risos, é a calma escondida por detrás dos meus tumultos. Mudou, mas agora é diferente, agora é de corpo e alma.
Tudo com gostos diferentes e o meu coração sorri. Pula. Grita. Pede mais emoção, busca mais conforto e afronta o que dele o for discordado. Com alma branca, com a voz branca o vento me trás alegrias. Uma mudança sempre gera desconforto, porém é muito boa quando tudo ocorre bem. Deixei de lado as coisas do passado, em breve lembranças ficaram marcadas aqui dentro de mim, mas agora é diferente. Nada mais é motivo de lágrimas. Nada mais é sem coração.
O que foi e é essencial, fica. Sempre fica o que for de total entrega. E em mim o que fica é de puro sentimento, é de total entrega. O que fica é sempre o que nos tocou e mexeu com os nossos sentidos. O que fica é algo que marcou que mereceu ser lembrado e que em mim causou arrepios. Sou assim, toda coração, toda emoção. Sou o brilho nos olhos e a garra de um leão.
É tanta sensibilidade, tantos momentos que ainda enlouqueço. Essa minha mania de colocar coração em tudo, de encontrar razões para ser tanta emoção, cansa. Esse meu jeito de querer rasgar a roupa, colar do teu lado e esquecer o que possa acontecer. Me assusta. Esse jeito que eu tenho de arriscar, de sentir e de ser tão extremista. Me assusta. Mas, nada mais é por acaso. Colocar o vestido que tu gostas pintar a boca, os olhos e esperar o teu abraço, sentir o teu cheiro, te ter ao lado. Nada mais é indispensável, nada mais é sem querer. Pele com pele, coração com coração e um sonho a mais. Sempre há algo a mais, ou pelo menos, é o que eu espero que exista. Algo mais para sentir, acreditar e até mais, algo a mais, para amar.
Até mesmo o sonhar é diferente, causa delírios que eu não conhecia. Algo como desejo sem alcance, como se fosse proibido. E é. Mas, faz sentido os meus arrepios fora de hora, a vontade de sentir tua mão na minha e até mesmo só de olhar nos olhos. De longe. De canto. O coração é sempre um grito mais alto e em mim causa tantos estragos que eu prefiro nem pensar e agir. Meu tempo de calmaria não existe. Sou assim, riscos e mais riscos. Gosto de tocar à alma e ser tocada, gosto que me causem borboletas no estômago e que me deixem sem chão, gosto de tudo que posso me fazer flutuar e esquecer o superficial. E o que não toca, o que não risca o peito, não lateja o corpo, não estremece o corpo e não me assusta – infelizmente – não me toca não me chama atenção e, muito menos, me faz delirar. Sou mais os riscos e os sentidos, e claro, tudo que me faça ficar apaixonada, encantada e arrepiada.

22 comentários:

Pobre esponja disse...

Meu tempo de calmaria também não existe.
Parabéns pelo texto, menina bonita, siga mandando bem nas letras e é isso aí!

bj
Pobre Esponja

Nana disse...

Amei seu blog, estou te seguindo, me siga também! www.dicas-d-anana.blogspot.com!

Parabéns, beijos!

socialmedia disse...

Muito bonito o texto, apenas dê um espaço maior entre parágrafos para facilitar leitura.

Outra dica boa é você participar de algum programa de afiliados, como o da Lomadee , para começar a obter algum lucro com a visitação de seu blog. Conheça mais sobre Marketing de Afiliados no link mais abaixo.



http://blog.lomadee.com/2010/10/marketing-de-afiliados-uma-poderosa-ferramenta-ao-alcance-de-todos/

Naia Mello disse...

acho que a gente gosta dos desafios. O que é fácil demais não têm graça.

devaneadora disse...

As coisas mudam, é a tendência da vida...Cabe a nós acrescentar cores e amores... E saber que mudamos para melhor da nossa vida. Gostei muito do texto.

Allef S. Loureiro disse...

Se eu compreendi bem o texto acho que fala do amadurecimento de uma pessoa, de uma menina, que hoje é mulher.
Adorei a escrita sutil, porém acho que poderia trabalhar mais um pouco na tentativa de prender mais o leitos. Não sei! Mas sobretudo, muito bom.

Parabéns, beijos do blog: http://ideologiasparaviver.blogspot.com

Naty Araújo disse...

E com o tempo a gente amadurece mesmo.
As coisas, damos mais valor, quando são difíceis. Quando batalhamos mais e mais por elas.

Achei tão lindo seu texto.
Sentimental e realista.

Beijos

Camila disse...

Lindo, lindo, lindo.
Amei demais.

Tatiane Lemos disse...

É as coisas precisam mudar, sabe que a mudança é muito legal, fortes são os que conseguem mudar....

Por que muitas vezes sofremos, com medo de mudar!

Beijos

Josiana Rezzardi disse...

Já diz aquela música que toca na TV: "não se iluda, que nada muda se você não mudar".
Adorei o texto, amei o blog.
Estou seguindo!

Perfil da Autora disse...

Que honra, Tassyane Américo seguindo meu humilde blog! *-*
Obrigada e parabéns pelo blog, está MARAVILHOSO. :)

Ana Agarriberri disse...

Tassy, passa lá no Molhe-se, tem selos pra você lá. Beejo,beejo. :)

Veronica Rodrigues disse...

Tassy, com vergonha digo que fazia tempo não passava por aqui. E só agora no fim de ano, enfim férias, tenho tempo de rever todos os blogs que um dia favoritei e revê-los de novo. Quando passei por aqui me senti em casa tenho que dizer. Adorei aqui. Tudo lindo, maravilhoso, e romântico. Me identifiquei com tudo. Cada palavra, cada texto, li tudo com calma. E vim te dar os parabéns. Adorei, com certeza passarei aqui sempre que postar. Continue a postar. Um enorme beijo moça bonita.

Veronica Rodrigues disse...

preciso comentar de novo.
QUANTO AMOOOOOOR esse blog.

Thaís de Castro. disse...

gostei mto do texto e da simplicidade das palavras , trocando em miudos eu senti o texto e isso é maravilhoso!

fatoSempalavras disse...

tempos serenos foram criados para pessoas serenas....não que assimv c nãos eja,e ntretanto, por tuas palavras, mnostra-se uma pessoa que é como o mar...horas tão sereno,,,horas tão turbulento...

e nesse embalo, temos que ter consciência por ond eestaremos indo, as mudanças da vida podem ser traçoeiras demais.

BrilhosGifs.com disse...

Olá! Parabéns pelo seu Blog!
Já estou lhe seguindo!
Aproveitando também para divulgar os meus Sites...
Siga-me também!
Tem Sorteio de natal por lá!
http://www.martas-bgfs.com (Templates personalizados para Blogs)
http://www.brilhosgifs.com (Gifs para Orkut e enfeites para Blogs)
Abraços,
Marta.

Giselle Rayane disse...

"com os mesmos olhos, porém não mais com os mesmos olhares."
adorei isso!

Daniela Filipini disse...

De certa forma, tudo muda.
E é incrível como essas mudanças são necessárias. Às vezes são dolorosas, mas a unica coisa que não muda é o que está morto, então, mudemos.
Amei o post, muito lindo.

Icaro disse...

E você tá escrevendo cada vez melhor também. Parabéns :)

Thaís. disse...

Estou em falta no teu blog, assim como em outros. Os compromissos com a escola esse ano me tiraram total atenção que eu poderia dar ao blog e aos comentários em outros blogs. Mas, agora de férias, espero recuperar o tempo perdido.
Não posso negar que não esbocei um tímido sorriso ao ler cada palavra. Toda a emoção que você colocou, as frases doces e intensas, mexeram comigo.
Lindo, lindo e lindo! Só isso a dizer. Um beijo, @pequenatiss.

Carolina Hermanas disse...

Tudo mudou pra mim também.Mas eu não gosto disso.Sinto falta do passado e isso me mata lentamente :/
-

Ameeeei seu blog :)


beeijão!

Related Posts with Thumbnails