''Fechar-se não está com nada , as pessoas são sempre o que de melhor existe .''
(Caio F. Abreu)

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Boneca feito gente


Quem dera se ela fosse uma boneca, dessas que não quebram apenas brincam e estão sempre com um sorriso de canto. Uma boneca com um coração verdadeiro, que chorasse e amasse. Uma boneca que não fosse de pano e retalhos, mas, que seja colorida e encantada, que enfeite os dias e faça sorrir aqueles que passam por perto. Quem dera se essa boneca fosse os olhos de alguém especial, que a pegasse no colo e a fizesse sentir que está no céu e se essa boneca cantasse que o mundo inteiro ouvisse. Que o encanto fosse passado de um para o outro e que cada abraço fosse multiplicado. Quem dera se ela tivesse o dom de levar aos outros cada sentimento que ela sente e que assim os dias dela se fizesse sóis. Ela, boneca de gente e coração de anjo. Ela, uma luz no fim do túnel, a esperança. Carregando no peito um poço repleto de sentimentos verdadeiros, caminha mudando de cor os desertos para que os corações dos humanos sejam feitos sem defeitos. Com os olhos brilhantes, de cor marcante, arrebata os olhos alheios. Carrega com ela os desejos de quem espera um pouco, digo, muito do mundo. Do nosso mundo. Boneca apaixonante, encantadora e guerreira. Boneca que luta dia e noite por verdade, sinceridade e originalidade. Que essa boneca exista não há dúvidas, esses dias todos no frio e na luta, amanhecendo sozinha. Boneca que durante sua vida de decepções encontrou um refúgio, uma força além que guia os caminhos de seus dias e uma maneira de sorrir contente. Ela escreve e encanta, ela escreve e assim encontra força. Boneca feita de gente, imperfeita, porém com alma verdadeira. Alma de quem sorri com coração, com os olhos e expande sentimentos. Alma de boneca que com as palavras se faz contente, que nas palavras encontrou a paz e com as palavras é feliz. A boneca acredita no sorriso e na verdade. A boneca sou eu em pedaços e que mesmo assim escreve desejos e angustias. Sou eu a confusa, santa e diaba. Sou eu sutil e encantadora, com lábios vermelhos escrevo desejo. Sou eu quem sorri e finge encantar. A boneca está em mim e em meus dias de gente grande. A boneca que existe aqui dentro, com essa alma de eterna criança, enlouquece a minha cabeça, irrita meus sentidos e mesmo assim me torna forte. Sou a boneca escritora, a inconstante que com seu jeito mutante de ser ainda encontra nas letras, nas palavras soltas e misturadas uma maneira de se encantar – e encantar o próximo. Sou eu que enrolo os meus sentimentos, que encontra na simplicidade um grande motivo de felicidade. Sou essa boneca impaciente e com gosto de gente. Eu sou essa boneca gente, essa maneira de espalhar emoção aos quatro cantos e ainda assim achar pouco. E pouco é quem pensa ser eu e não é. E pouco é quem busca encontrar em si próprio essa boneca que existe em mim e não encontra. E pouco é quem não luta, não ama e não enjoa. Pouco é o muito desnecessário há mim. Eu quero e busco o exagerado para que assim o mundo seja risonho e despreocupado com futilidades. Eu sou o bastante que não basta, sou o fogo que queima. Sou eu aquela que não foge e não mente ao presente. Busco o sorriso nos lábios, o coração quente e que o restante seja ao seu tempo, sem pressa e sem ficar parada. Sou eu, sempre eu essa boneca com coração de anjo e sonho ser sempre o sorriso nos lábios de quem merece. Assim me vejo, assim eu sou.

11 comentários:

Lia Araújo disse...

Ti querida, eu tô com raiva daquela menina, não tem um texto meu que ela não tenha copiado, acredita que nem tira o nome do Alexandre?
oh que odio!
Não sei mais o que fazer

bjos querida

Inercya disse...

Muito fofinho teu texto. Imaginei que fosse algo tirado aleatoriamente da sua mente, mas você é a boneca...
lindo, lindo. ah, adorei a foto também.
:*

Rodolpho Padovani disse...

É, vc soube se descrever de uma maneira impressionante, menina boneca mulher...
Ficou muito lindo esse texto...

e espero que o lance do plágio esteja se resolvendo...

Bjs =)

Leo disse...

linda maneira de se descrever, pelo menos é assim que entendi, adorei!!!

Beijão e bom fds, querida amiga.

Mayara Almeida disse...

Queria um dia ler seu lado "gente". O lado nu e cru.
Boa descrição.

Lia Araújo disse...

É... ia te mandar o codigo que não dá pra copiar os textos, mas se ela copia do meu, que não dá, vai continuar a mesma coisa!

vi os comentários do seu marido no blog dela, como aquela menina é cara de pau...

Deus me livre

mas, vamos pensar assim, como o Quintana:

Eles passarão, eu passarinho!
Não é a primeira vez que fazem isso com meu blog, é a quinta vez na verdade que eu fico sabendo, mas, assim, essas pessoas nunca escreverão nada, pq vc sabe a gente escreve com a alma e com sentimentos, isso ela não faz nem copiando! Pq sentimento não se empresta, rouba ou toma!

então, fica bem querida

bom fim de semana

p.s Vc é linda e escreve lindamente, não se chatei por pessoas de mente tão pequena ;]

Cleomilton Filho disse...

Tassyane, tudo bem? Por nada ;]

A Lia me mostrou o blog da menina e os textos descaradamente plagiados. Inclusive, o perfil dela é o teu! Totalmente tosca. ¬¬

Mto bom teus textos. Não conhecia o blog, passo a acompanhar. Aaahh, quanto a ir morar no Sul: meu sonho desde os 15 anos... Um dia eu consigo! Hehehe... Não gosto daqui.

;)

Beijão!

Renata Diniz disse...

Lindo! Bjs.

Déborah Simões disse...

lindo...
Flor, que texto mais lindo....
adorei...
bjok

Luh disse...

Ain, você escreve super bem! Adorei, parabéns!
Dá uma passadinha no meu blog? Obrigada. Beijos

Patty Vicensotti disse...

Que lindoo teu blog,teus textos *_*
Parabéns!!
Amei aqui!

Beijoss!

Related Posts with Thumbnails