''Fechar-se não está com nada , as pessoas são sempre o que de melhor existe .''
(Caio F. Abreu)

sábado, 1 de maio de 2010

Clareou meu dia

Uma gota em meio aos mares de angustias que rondam os meus dias. Um grito interno alto e longo se estende por entre meu corpo trazendo-me medo, dor e receio de correr atrás. Estou sentindo-me pesada, nem um pouco nua. Estou repleta de calafrios e choros encabulados. Penso em mudar os caminhos, penso em trocar as roupas, os discos e livros, em tirar as sujeiras debaixo do tapete e as velharias do armário. Penso em viver novamente e sem medos e com rumo. Tranco-me dentro dos meus sentidos e esqueço o quanto o mundo pode ser bom lá fora, posso libertar minha alma, posso rir sem mentir. E, indo fundo em meus olhares, verão choros ainda imaturos, inacabados e encabulados com pressa e gritando para serem libertados.
Só por hoje eu tomaria teu gosto por inteiro e após, com um mar de arrependimento, tomaria coragem e seguiria em frente. Só por hoje eu chorei. Só por hoje eu esperei. E só por hoje será assim, não irei mais buscar culpados pela dor que há em mim e por fim, não me deixarei ser infeliz. Vou buscar nos olhos de quem está comigo, ao meu lado, o caminho que eu perdi. Me perdi. Vou achar força e nem que seja por um segundo eu irei viver e direi então, estou em paz.
E que minhas palavras sejam lidas, relidas e ditas aos que tem fé. Àqueles que assim como eu, buscam em seus detalhes um motivo, uma razão, para ter paz e sorrir. Não me deixarei tomar por essa dor. O que há em mim pode ser mais forte do que esse ferimento aberto que existe aqui dentro, e vou curá-lo. Essa dor que me toma e me leva aos poucos a um destino escuro terá de encontrar o fim, pois em mim não há mais espaço. Não há mais lágrimas para serem jogadas ao chão.
Não peço para que entendas e nem ao menos que me tenhas compaixão, o que quis era mais forte, era mais belo. E hoje, quero que vá embora. Quero que nem penses em voltar e nem busque novamente o meu olhar. Vou esquecer essa dor e viver. E há quem sente dor peço, por favor, volte a sorrir como um dia já foi, pois vejo agora que não há no mundo nada mais real e importante do que a nossa alegria. E mesmo com o coração machucado e que pareças sem forças, levante-se e siga em frente. Não há caminho sem volta quando se tem esperança e um amor próprio.

6 comentários:

Angélica :) disse...

Concordo plenamente com o texto..
Apesar de TUDO que possa acontecer com a gente, temos que nos erguer sempre e sorrir..
A vida continua :)'
Gostei muito mesmo do texto, parabéns *-*

Roberto Borati disse...

que belo escrito, heim...

gostei tanto disso:"Estou repleta de calafrios e choros encabulados."

um beijo.

Brenda Santanna : disse...

"Não há caminho sem volta quando se tem esperança e um amor próprio." +2
Belo texto, Tassy .-.

Paulo Dionísio disse...

Oi linda, como vai? Olharia esse post? http://chapeletaroxa.blogspot.com/2010/04/frases-de-macho.html
É outro blog que escrevo, costumo escrever mais lá, não sei se vai gostar muito hahaha, mas é sempre bem vinda lá.
Beijos.

Nini C . disse...

lindo texto, achei seu blog em minhas andanças por aí e gostei muito do que lí, tô precisando muito conheçer um tal de amor proprio, se o ver por aí diga que quero falar com ele. se puder visita o meu, beijos.

monizia disse...

Puxa! Você escreve bem!
Conheço varias pessoas que escrevem também, cada um diferente do outro e que tem algo especial.
Bom, estava pensando em botar umas coisas que escrevi, no meu blog. Ainda não sei, mas qualquer coisa lhe aviso. e espero que vc de uma olhada lá se quiser.
bjks :*

Related Posts with Thumbnails