''Fechar-se não está com nada , as pessoas são sempre o que de melhor existe .''
(Caio F. Abreu)

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Nos olhos, um gosto de vida



“Estou mais atrevida
Mordaz e ferina
Estou cheia de vida
Sagaz e ladina
Já não sou mais a mesma
Respiro outros ares
Navego outros mares
São tantos olhares
Convites, sorrisos
Eu gosto eu preciso

Quente e fora de mim. Estou fora, estou viva e me sinto, enfim, feliz. Encontrei caminhos que me trazem paz, vida e alegria. Sinto um rio extenso em mim que me leva aos rumos que nunca imaginei seguir. Sinto que depois de tudo estou pronta e entregue ao que me tire do chão. Ao que me faça estar nos céus e ao mesmo tempo nos sorrisos que via e tanto sonos me tiraram; sorrisos que me comiam. Andava pela rua e sentia o frio que consumia todas as energias – poucas – que existiam em mim e hoje, sou forte, sou ferina. Sai de mim e bebi tanto essa vida nova, estou mudada.
Os sorrisos que vejo hoje me interessam; se interessam por mim. Os olhos me convidam a ter vida, me chamam e me tomam um gole de bebida que enlouquece a alma. Aquece. Agrada e te ferve sem sentir. Olhares loucos e sorrisos bobos que traz aos poucos um delírio de algo que há tempos não sentia; estou viva, enfim. Descubro-me e não acalmo os sentimentos de ter asas e voar, estar longe e sentir em cada brisa a paixão. Estar vida! Ter amor.
O meu tempo hoje é outro, minha necessidade é de ter paz e poder sorrir, dormir e sentir. Liberdade de expressar, de ser e amar. Se minha pele pede mais, se quer desejo e um lar; terá. Hoje não fingirei os amores e nem amarei sem retorno; mudarei. Faço-me um pedido: tenhas vida até o fim e se for pra não ter, deixe. Deixa o que de desamor me pareça e de sem vida. O que me esfria é somente o frio que o vento traz, pois hoje a paixão por mim mesma fala mais alto, me aquece. E não finjo mais a presença que por anos não me deixara dormir, hoje sonho em paz. Não finjo mais que o amor aqui estava hoje o amor vive aqui. E estou feliz assim, estou cheia de vida, cheia de luz e cheia de mim! Estou bebendo amores, sorrindo dos dias e tomando aquele velho e bom chocolate quente que adoça os meus caminhos.
Quente e amante. Estou vivendo de amores e novos com novos rumores. Tenha fé em mim!

10 comentários:

Deysilanne Sousa disse...

Que lindo isso!
E tão otimista que me causou um sorriso de inveja nos lábios.
Espero ainda encontrar esses novos caminhos...
Tão cheios de emoção descritos por vc.
Parabéns, viu?
Seu blog é lindo.
Já estou seguindo.
Quando der, dá uma passada no meu também.
Até mais! Beijos.

Gabriela S. * disse...

Parabéns pelo seu blog eu achei ele um amor,super fofo e a maneira como você escreve é muito bonita.Pode ter certeza estou seguindo. Adoraria que passasse no meu http://vivendonocapricho.blogspot.com/
BEIJOS E SUCESSO !

мelisse abrantes disse...

Poxa eu fiquei muitoo feliz em saber que ganhei 2 selos seus (uma pessoa segue fielmente o meu blog :D) Eu postei os 2 lá no meu dps vc dá uma olhada.
Bjus e muito obg... Ah! O texto tá lindo.

Felipe disse...

Vc escreve muito bem.

Gostei de te ler.

Bjo

m diniz. disse...

Sem explicação Tassy, amei teu texto. Muito mesmo, e super me identifiquei com ele. É isso, precisamos amar a nós mesmas antes de qualquer outra coisa. Não adianta esperar nada de ninguém, não adianta viver de amores que não compensam. Que continue assim ;)
Beijos. E um excelente final de semana!

Naty Araújo disse...

Eu achei lindo e confesso que estou precisando um pouco dessa audácia toda rsrsrs

Nati disse...

Que seja assim sempre!!!
Beijo

May Ribeiro disse...

Mais uma vez, um maravilhoso texto Tass!
O primeiro passo sempre será nosso, amando, desamando, confiando, lutando. E vivendo.

elry disse...

quente e vivendo de amores... quer mais o que?
=)

Mariana . disse...

Selinho pra ti no meu blog. :)

Related Posts with Thumbnails