''Fechar-se não está com nada , as pessoas são sempre o que de melhor existe .''
(Caio F. Abreu)

domingo, 16 de maio de 2010

e ainda acredita

Sentiu-se nua em meio aos risos
e aos olhares de quem a vê,
diz o quanto és bela
e quem conhece sabe dos sonhos
que a persegue dia e noite
que a toma como água
e a faz ser como brasa
que ferve queima e espedaça
o coração daqueles desamores
que a deixam largada, e teima
em ter felicidade e coragem
quando tudo parece estar
fora do normal
acabado
sem sal
tão triste
morto.

E ainda assim acreditava.

6 comentários:

Angélica :) disse...

Ah, tão lindo *-*
Quisera eu escrever assim..
Seus poemas são demais.. *-*

lolla disse...

divulgando meeu blog :

http://lollaramonad.blogspot.com/

_ me segueem que na hora eu sigo tbb (:
*bgs :*

Ellen Azevedo disse...

Dizem que sonhos são feitos de acreditar!
Adorei aqui.

Beijos coloridos ;)

Luciana Donadeli disse...

O que fazes é brincar com as palavras, e eu gostei! MUITO!

Macário Campos disse...

Um lindo poema com a estética concreta.
Parabéns!

sarah disse...

num misto de magia,
teu blog és de fato lindo!

Related Posts with Thumbnails