''Fechar-se não está com nada , as pessoas são sempre o que de melhor existe .''
(Caio F. Abreu)

quarta-feira, 19 de maio de 2010

quase sem tempo




tempo corrido
como aquele buffet de segunda
com a sobremesa misturada
e uma carne mal assada

minha vida só passa
mil leituras e uma escrita
uma prece e um estresse
misturada com paixão

esqueço a bolsa e o batom
volto desligo a TV e o som,
me perco no escuro
e o tempo esquece a imensidão

eu tomada de ilusão
corro e me deixo aqui largada
deitada e acabada
pensando em solução

mil soluções,
mil decepções
e um oceano de coração
imenso que me guia na escuridão

o tempo corrido me mata
me engole, cansa as pernas,
cansa a alma, me cansa
e sem tempo de sorrir

Eu finjo existir.

12 comentários:

Amanda Cabral disse...

É o blog mais doce que eu conheço.
você sempre me surpreende com seus posts!
beeijo flor :*

RICARDO LEAL disse...

O fingimento da sua existência contrasta com o talento da sua essência.Belo blog,belos textos.
Parabéns!

Jaqueline Jesus disse...

amei seu poema *-*
eu gostava de escrever poemas, mas mudei meu foco um pouco e me voltei pra histórias, rs.
Mas sempre gostei de apreciar belos poemas como o seu.

Obrigada pelos selos :)
beijoos

May Ribeiro disse...

Tass, mais um post incrível. Não fico sem tuas palavras, mesmo; Faz um bem vir aqui. Parabéns!

Paulo Dionísio disse...

Muita calma nessa hora. Em pavras lindas, conseguir descrever o dia a dia. Beijos linda.

elry disse...

um oceano de coração...
adorei isso!
=)

ketrinn disse...

belo, belo :)

maiara diniz. disse...

Adorei o poema! ;)
Beijos beijos

Nine Frescorato disse...

TEM SELINHO NO MEU BLOG PRA VC!

Lucas disse...

Sabe o legal deste poema é que sabe aqueles pensamentos que a gente pensa antes de dormir mas depois esquece porém sabe que eles sao importantes ao menos pra gente rsrs esse poema é exatamente um desses pensamentos que eu esqueço mss que sao importantes de alguma maneira.

bjxxx

Sexyback disse...

Lindo seu Blog!!!!
Obrigada pela visita no meu, que é bem diferente do seu rs.
Bjs Sexys

Ana Agarriberri disse...

Aaaah Tassy! Ando tão assim, com medo do tempo que escorre. Medo de estar finjindo existir.
Lindo. Como sempre.
Obrigada pelos selos e que bom que gostou da cara nova do Molhe-se.

Beeejo querida! :)

Related Posts with Thumbnails